Cultura de alta performance: você realmente sabe o que é?

Para atingir melhor desempenho e posicionamento profissional, muitos dos colaboradores e das lideranças de uma empresa já sabem que o que é essencial: a cultura de alta performance.

Criar uma cultura organizacional de alta performance é um processo importante para as empresas. Porém, ele deve ser implementado de maneira natural, para que um ambiente saudável e coerente seja estabelecido na companhia.

Muitas vezes, já se ouviu falar sobre alta performance e relacionar esse elemento a um ambiente com metas irreais, cheio de complexidades e desafios. Isso acaba por criar uma grande pressão na equipe e gerar angústias e ansiedade.

Justamente por isso, entender de modo mais claro a cultura organizacional é essencial para oferecer a força que as empresas precisam para se desenvolver e conquistar melhores resultados internos.

Isso pode servir tanto para uma empresa de limpeza em altura quanto para um escritório de contabilidade. Afinal, a definição do conceito de alta performance define o conjunto dos valores e dos comportamentos entre a equipe da empresa.

Esses elementos têm como foco estabelecer um objetivo coletivo, o qual pode ser alcançado com excelência e sem grandes dificuldades se todos no local estiverem alinhados e dispostos a atingir a meta.

De fato, a implementação da cultura de alta performance traz vantagens importantes para a companhia, tanto no que diz respeito ao seu desenvolvimento quanto no dos seus funcionários. Para entender mais sobre o assunto, leia o artigo até o fim.

 

Definição de cultura de alta performance

Para que um centro de usinagem de madeira tenha um melhor desempenho interno, ele depende de algumas questões estejam resolvidas. A cultura de alta performance pode ajudar nisso.

Essa cultura se trata de um conjunto de atitudes e de comportamentos que permitem o crescimento da empresa, sendo eles responsáveis pela conquista de resultados cada vez melhores.

De fato, buscar reconhecimento no mercado, crescimento e retenção de bons talentos é o desejo de qualquer companhia. Sendo assim, estruturar a cultura interna é indispensável, pois ela precisa ser clara, empreendedora e empática.

Com esses pilares devidamente alinhados, todo o funcionamento da empresa é impactado positivamente. Assim, os resultados não poderiam ser outros a não ser a satisfação dos clientes e dos colaboradores, criando uma marca de percepção forte no mercado.

É preciso, constantemente, alinhar a cultura de alta performance com o objetivo estratégico da companhia, uma vez que isso facilita a criação de uma identidade e evolui para a fidelização.

Há vários benefícios em implementar a cultura de alta performance em uma empresa, podendo ela colher resultados no curto, médio e longo prazo. São eles:

  • Lideranças mais fortes;
  • Ambiente mais autônomo;
  • Retenção de talentos;
  • Ganhos financeiros maiores;
  • Melhoria nos produtos e serviços;
  • Aprimoramento do treinamento oferecido.

Sendo assim, uma empresa de lavagem de almofadas a seco, por exemplo, que deseja implementar a cultura de alta performance vai conseguir melhorar de modo expressivo o seu negócio, tanto na parte interna quanto na externa.

De fato, quando se pode vislumbrar benefícios como os mencionados acima, é possível não apenas desejar que a cultura de alta performance seja implementada, mas colocar em prática todas as ações necessárias para que o processo ocorra o quanto antes.

 

Como implementar a cultura de alta performance?

Para implementar a cultura de alta performance em uma empresa, é necessário seguir alguns passos simples, que ajudam a deixar o processo mais eficaz.

O primeiro deles é começar pela estratégia. Entender questões como onde a empresa quer chegar, quais os recursos e quais a competências necessárias ajudam a mapear o caminho e a tornar os objetivos e metas mais claros.

Depois disso, é fundamental fortalecer a liderança da companhia. Os gestores da corporação devem estar capacitados para atuar de maneira assertiva, ajudando seus colaboradores e garantindo que as metas possam ser atingidas.

É também importante estimular a comunicação. Feedbacks são sempre ferramentas que ajudam nas melhorias, de modo que estimular essa troca de informações internamente é fundamental para que os objetivos sejam alcançados.

O próximo passo é o de estipular metas, que sejam reais e atingíveis. Uma empresa de manutenção em aeronaves, por exemplo, deve ser conduzida levando em conta a sua realidade no mercado, para que os seus objetivos possam ser alcançados de verdade.

Por fim, garantir um bom treinamento para a equipe é fundamental para que os colaboradores estejam aptos para contribuir com o trabalho, ganhando as competências necessárias para atingir a alta performance no dia a dia.

Esses pontos são muito importantes para que a cultura de alta performance seja implementada de maneira segura e eficiente, o que pode impactar diretamente nos resultados da companhia.

 

A importância da cultura de alta performance

Não importa qual seja o segmento de uma companhia, que pode ir desde coleta de efluentes sanitários até construção civil: ter uma cultura de alta performance é importante e pode mudar todo o cenário da empresa para melhor.

Entre os muitos aspectos que mudam com a cultura da alta performance, um dos mais interessantes é o de que o ambiente passa a ser mais autônomo. Isso significa maior produtividade, uma vez que os colaboradores se engajam mais nas suas tarefas.

Além disso, as próprias lideranças se tornam mais fortes, o que quer dizer que elas vão ter a capacidade de conduzir a sua equipe com maior tranquilidade.

Na prática, funcionários que se sentem bem em um ambiente de trabalho têm menores desejos de deixar a companhia para trabalhar em outra. Por isso, a retenção de colaboradores aumenta de modo expressivo.

É também visível que uma empresa que possui uma cultura de alta performance norteando o seu negócio vai oferecer seus produtos ou mesmo um serviço de usinagem pesada, por exemplo, de forma cada vez melhor.

A própria consistência da gestão é otimizada, uma vez que os valores e missões bem definidos podem ser seguidos à risca pela companhia, que leva a sério a sua história e faz questão de atuar no mercado da melhor forma possível.

Diante disso, é possível perceber que implementar a cultura de alta performance não deveria ser uma mera escolha, já que é por meio dela que se pode conquistar melhorias visíveis e práticas para qualquer tipo de negócio.

 

Como a liderança impacta essa cultura

Um dos aspectos mais importantes quando o assunto é cultura de alta performance é, justamente, o fato de que as lideranças têm papel fundamental nesse cenário.

O líder de uma empresa que oferece PGR construção civil, por exemplo, é diretamente responsável pelos resultados conquistados por sua equipe. Isso porque o seu exemplo e a sua conduta são essenciais para o avanço e para a condução dos colaboradores.

Aqui entra uma questão bastante importante, que é a contraposição de chefe e de líder. De fato, um profissional que atua para garantir as melhores condições de trabalho e que se empenha para auxiliar a sua equipe é um líder nato, e não apenas um chefe.

Muitos dos funcionários que possuem líderes podem alcançar melhores desempenhos no trabalho. Isso porque esses gestores se tornam referências, uma vez que se mostram disponíveis e estão na linha de frente junto com a sua equipe.

Assim, seja para realizar um trabalho como o de fachada de loja com vidro ou para atuar no setor de finanças, um bom líder está sempre ao lado da equipe, não apenas cobrando e exigindo resultados, mas mostrando o melhor caminho para que eles sejam alcançados.

Por isso, o que se pode esperar da liderança quando o assunto é cultura de alta performance é justamente um crescimento uniforme, que pode impactar não apenas o setor do qual o líder é responsável, mas que vai se ampliando para outras áreas da empresa.

 

Considerações finais

Nem sempre o termo alta performance foi visto com bons olhos pelos profissionais do mercado, das mais diversas áreas. Isso porque ele sempre foi carregado de uma carga pesada.

Muitos dos profissionais que viviam em ambientes de alta performance se sentiam sobrecarregados, sendo cobrados para entregar cada vez mais, o que gerava pressão e ansiedade nessas pessoas.

Mas, atualmente, a cultura de alta performance foi remodelada, sendo vista de outra maneira e implementada da maneira ideal. De fato, os líderes têm papel essencial nesse processo, podendo mudar de maneira considerável toda a rotina da sua equipe.

Por isso, a cultura de alta performance vai muito além de atingir metas de forma desordenada. Ela pode mudar vários aspectos da companhia, que vão desde o faturamento até a produtividade.

Sendo assim, contar com líderes devidamente alinhados e que possam conduzir a equipe nesse processo é essencial para que a alta performance seja alcançada de maneira natural, sustentável e benéfica para toda a companhia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.