Landing Page: Tudo o que você precisa saber

Não perca mais tempo!
Contrate agora um parceiro de marketing que realmente pensa nos resultados e crescimento do seu negócio.

Landing page é uma página que tem como principal objetivo converter visitantes em leads e estes em clientes. Também são conhecidas como páginas de captura e possuem características próprias.

Uma delas é que essa página é mais simples, além de centrada em uma oferta dentro da campanha de marketing digital. O marketing pela internet tem como propósito atrair as pessoas certas, por meio das plataformas digitais, como blogs e sites.

Mas para que isso seja possível, as ações precisam fazer com que os usuários queiram consumir os conteúdos e caminhem pelo funil de vendas, até que finalmente estejam prontos para comprar.

Esse é o conceito de conversão e a melhor ferramenta para fazer isso é a landing page. Mas para que a página cumpra seu papel e ajude o negócio a alcançar seus objetivos, precisa ser bem elaborada e seguir algumas regras.

Mesmo que a oferta seja incrível, se a página de conversão não for bem elaborada, a estratégia pode ir por água abaixo.

Neste artigo, entenda o conceito de landing page, quais são os tipos, por que investir nessa página, quais elementos ela precisa ter e as vantagens de usá-la.

O que é landing page?

Todo negócio que está começando a criar sua presença digital, em algum momento vai precisar de uma boa landing page. Também conhecida como página de conversão, seu foco é apresentar uma oferta para os usuários.

Possui um estilo diferente das outras páginas, tendo em vista que serve para influenciar uma ação por parte do visitante e prevista dentro da estratégia de marketing digital.

Por meio dela, um veterinário próximo a mim consegue melhorar as taxas de conversão em suas campanhas de tráfego.

Tipos de landing page

Uma campanha de marketing pode trabalhar com um ou mais tipos de landing page, e o que determina a escolha é o modo como o planejamento foi realizado, as etapas do funil de vendas e os objetivos da corporação.

A verdade é que existem muitos modelos diferentes, mas para entender um pouco mais sobre o assunto, veja aqueles que mais se destacam. São eles:

  • Squeeze page;
  • Página de captura de leads;
  • Página de vendas;
  • Viral;
  • Microsite.

A squeeze page é o tipo mais básico e possui layout simples. É projetada com o objetivo de levar os usuários a realizarem determinada ação.

Suas informações resumem de maneira breve o produto ou serviço e se os usuários quiserem saber um pouco mais, precisam clicar no link. É a opção ideal para fazer ofertas específicas, como descontos.

A página de captura, por sua vez, possui mais elementos do que a anterior, mas não é tão longa quanto a página de vendas. Ela ajuda a prospectar clientes, obtém dados dos visitantes e instrui o usuário a deixar informações em troca de uma oferta.

É por meio dela que um fabricante de calandra perfil u consegue criar uma lista de e-mails para nutrir os contatos posteriormente.

A landing page também pode ser uma página de vendas, focada em uma oferta específica e para onde os visitantes são direcionados tendo um único propósito: vender um produto ou serviço.

Para cumprir seu papel, deve entregar todas as informações necessárias sobre o item, de modo que o visitante se sinta confiante e interessado na oferta.

Quanto à página viral, trata-se de uma ferramenta poderosa que cria um buzz sobre os produtos e serviços, por meio de elementos como vídeos humorísticos e jogos.

O conteúdo promove o negócio de maneira indireta e leva as pessoas a comentarem sobre o assunto.

Por fim, os microsites são um tipo de site simplificado presente dentro da plataforma principal, e dependendo da situação, podem servir como substitutos temporários.

Seu papel é focar a atenção dos usuários em determinado aspecto da marca e impulsionar as vendas graças a experiências imersivas com o conteúdo.

Por que investir em landing page?

Um fabricante de porta de pvc para quarto tem muitas razões para investir em uma landing page. Uma delas é que essa página aumenta o número de conversões, mesmo porque, este é seu propósito.

Mas para que isso aconteça, é necessário definir os objetivos da campanha e incluir na página apenas uma oferta para não confundir os usuários. Ela também precisa de um texto convincente para que o visitante se aprofunde na oferta.

A estratégia também ajuda a aumentar o número de seguidores nas redes sociais. É possível inserir um botão que direciona os visitantes para os perfis da marca nessas plataformas.

Isso é vantajoso porque as redes sociais são ótimos canais de interação, aumentam a visibilidade do negócio e trazer mais credibilidade perante o público.

Outro motivo para investir é a praticidade que pode trazer para as estratégias do dia a dia. Ao elaborá-la, uma escola de curso de teclado avançado vai trabalhar com uma página direta que mostre o que o lead deve saber para tomar uma decisão.

Por fim, a landing page também é um canal para ter contato direto com o cliente, pois mesmo tendo em vista outras possibilidades, o e-mail continua sendo algo muito usado pelas pessoas.

Hoje em dia, conseguir o e-mail dos clientes e potenciais clientes é a mesma coisa que falar com eles pelo telefone.

Elementos essenciais da landing page

Para que a página de conversão seja realmente um sucesso, é fundamental que ela conte com todos os elementos essenciais para seu funcionamento. São eles:

Título e subtítulo

O título e o subtítulo são elementos que vão transmitir claramente e de modo direto qual é a proposta de valor da oferta.

Quando o visitante acessar a página de conversão de uma loja de peças para motor Mitsubishi, deve considerar a oferta irresistível e se interessar pelo restante do conteúdo da página.

Descrição da oferta

Geralmente, a landing page precisa de um pouco mais de descrição sobre a oferta para vender a ideia e esclarecer as dúvidas do visitante.

Para fazer uma boa descrição, utilize bullet points, escreva sentenças curtas e fáceis de ler, selecione entre 3 e 5 itens importantes, destaque os termos relevantes em negrito e fale sobre os benefícios da oferta.

Se ela for um pouco mais complexa, vale a pena inserir um vídeo na página para explicar um pouco mais.

CTA

CTA é uma sigla em inglês para Call To Action (chamada para ação). O propósito desse botão é levar o usuário a realizar uma ação e concluir a conversão.

Para que a estratégia funcione, uma empresa de portaria deve deixar o CTA destacado na página, de preferência usando uma cor diferente do restante do conteúdo.

Além disso, é necessário usar verbos de ação para estimular a conversão, como “inscreva-se” e “compre agora”.

Imagem

A imagem usada na página de conversão precisa refletir a oferta, também deve ser diferente de outras que já foram usadas.

Outro ponto importante é que ela seja otimizada e fácil de carregar para não prejudicar o desempenho da landing page.

Formulário de contato

O formulário de contato é importante porque é nele que o visitante vai inserir suas informações em troca da oferta.

Ele não pode ter muitos elementos para não interferir na experiência do visitante, sendo que o ideal é incluir apenas o nome e-mail.

Vantagens da landing page

Criar páginas de conversão traz muitas vantagens para uma clínica especializada em sculptra para estrias. Uma delas é a qualificação de leads, visto que as informações preenchidas no formulário ajudam a qualificar os contatos e entender seus interesses.

Também é uma forma de oferecer conteúdo valioso para as pessoas, e isso é fundamental porque o processo de vendas também depende da relação entre a marca e seus leads.

Ao oferecer material valioso e gratuito, a página de conversão ajuda a estabelecer um relacionamento próximo e uma experiência de qualidade.

Justamente por não ter muitos links e informações, a landing page permite que o usuário se concentre em uma única ação e no benefício que vai obter com isso.

É assim que uma confecção de camisa social listrada preta e branca consegue estimular as conversões e iniciar uma nova fase de marketing para seus contatos.

Por fim, a estratégia também colabora com outras ações de marketing, pois além de visualizar uma oferta, o visitante pode se cadastrar para se tornar leads, aumentando as taxas de conversão e reduzindo os custos de aquisição de clientes.

Considerações finais

A landing page é um recurso essencial para as estratégias de conversão de uma marca. De maneira simples e inteligente, estimula a ação por parte dos visitantes e aumenta a base de contatos do negócio.

Basta seguir as boas práticas para elaborá-la e aproveitar todos os benefícios que só a página de conversão pode trazer para os negócios.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Veja mais conteúdos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.